Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigado, Mano,por mais uma bela crônica sobre nos...

  • Anónimo

    Que triste pensar nas “ruínas” que já foram palco ...

  • Anónimo

    Que dizer?Esperar para crer?Crer que não adianta e...

  • Thais

    Que texto lindo!! Me emocionei com suas palavras. ...

  • Anónimo

    Só não conheci o Sr. José pessoalmente, mas sei ...






ATÉ QUANDO?

por feldades, em 17.02.17

O Poder estava “dominado pela senzala corrupta’’, então o “povo do bem” movimentou-se febril, ocupando ruas e praças, batendo panelas ou o que delas sobrou de tão amassadas. E o Poder pôde, finalmente, ser recuperado por uma “legião de anjos bons”. Agora, sob o lema “Ordem e Progresso” – um “achado publicitário” de fazer inveja em Washington Olivetto – a casa-grande pôs de volta o Brasil nos ”trilhos”. O fato de o “presidente-bufão” ocupar o topo na lista da Lava Jato, com 43 citações e, numa irônica inversão de algarismos, seu homem de confiança aparecer com 34 citações é apenas um detalhe. Também é apenas detalhe o fato de o ministro da Justiça ter chupado trechos da obra jurídica de um espanhol, até porque “quem não cola não sai da escola!” Mas, cá pra nós, que coisa feia, hein?! E o cara ainda vai vestir a toga de juiz da Corte Suprema, vai julgar autoridades federais...

 

A ficha de serviços desse pretenso membro do STF é robusta. Quando titular da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo protagonizou cenas de truculência contra movimentos sociais, mas não só. Quando um hacker, metido à besta, cismou de xeretar os arquivos digitais da ‘mãe do Michelzinho’, o ‘pai do Michelzinho’ não se fez de rogado. Com a prerrogativa de vice-presidente da República acionou o governador paulista e este pôs a estrutura da Secretaria de Segurança a serviço do amigo. O então secretário mostrou-se competente, montando uma força-tarefa com cinco delegados de polícia, três peritos e vinte e cinco investigadores, e a missão foi cumprida com presteza. Em apenas seis meses, o malandreco fora laçado, julgado e condenado, cumprindo pena de cinco anos e dez meses numa gaiola de segurança máxima. Mas cá para as bandas da senzala, as coisas não funcionam tão bem assim. De cada cem homicídios, noventa e tantos não são solucionados e criminosos nem sequer são identificados. Ou seja, menos de 10% dos homicidas são condenados, e se a vítima for pobre é quase certa a impunidade.

 

Mas as lambanças do atual inquilino planaltino não têm destaque na grande mídia. Um exemplo disso é a retomada do desmatamento em grande escala. As motosserras estão fazendo um barulhão danado lá pelos lados do Norte onde extensas áreas amazônicas são desflorestadas a fim de abrigar o agronegócio. Desde o início da “gestão temerária” mais de mil quilômetros quadrados de mata já foi abaixo – área superior a três municípios de Guiricema, minha terra natal, ou quase setenta por cento do município de São Paulo. É, os ruralistas estão recebendo a parte do butim pelo seu “labor” em favor do impeachment. Além disso, reservas indígenas serão “repensadas” e a Floresta Amazônica deverá ser descontinuada por rodovias – uma fatalidade para a fauna, que requer grandes extensões de mata fechada e contínua.

 

Segundo a sabedoria árabe, “os cães ladram e a caravana passa”. Aqui, porém, “o comboio maldito segue tranquilo enquanto a matilha dorme”. Até quando?

 

FILIPE

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Imagem de perfil

De aureliano a 17.02.2017 às 13:28

"Quando o espírito impuro sai do homem, perambula por lugres áridos, procurando repouso, mas não o encontra. Então diz: 'Voltarei para a minha casa, de onde saí'.Chegando lá, encontra-a desocupada, varrida e arrumada. Diante disso, vai e toma consigo outros sete espíritos piores do que ele, e vêm habitar aí. E, com isso, a condição daquele homem tornar-se pior do que antes. Eis o que vai acontecer a esta geração" (Mt 12,43-45).
Filipe, parece que esta palavra do Evangelho se aplica à situação do nosso País. Jogando com os números: 43 (4+3=7); 34 (3+4=7). A coisa tá difícil! Mas vamos manter a esperança.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.02.2017 às 18:19

O gigante pela própria natureza, está virando anão.
Nossos Índios que dormiam em berço esplêndido, agora são obrigados a dormirem em selvas de pedre.
E tu Brasil, entre outras mil, está ficando mal afamada.
O brasil, foi conquistado pelos incansáveis desbravadores do passado, quando tudo era feito com muito sacrifício, para agora ser destruído, barulho da moto-serra.
"O QUE IRÁ ACONTECER COM OS NOSSOS BIS-NETOS, TRI-NETOS E TETRA-NETOS?"
"QUEM VIVER, VERÁ".

José Lopes de Lima, !7/ 02/ 2017
Sem imagem de perfil

De Carlos Lopes a 18.02.2017 às 18:17

Quem sabe um dia nasce um líder político que nem Moisés e livra o povo brasileiro dos faraós embalsamados ?
Sem imagem de perfil

De Everton Souza a 19.02.2017 às 12:37

Carlos, esse líder precisa de um povo acordado.
Sem imagem de perfil

De Everton Souza a 19.02.2017 às 12:45

Olha, caro amigo, esse golpe de estado que estamos presenciando vem solapando os direitos básicos do mais pobres. Muda-se a aposentadoria, em benefício dos ricos; aumenta-se o limite de hora para trabalhar num dia, para beneficiar os empregadores; pensa-se agora na possibilidade de os rurais pagarem o quádruplo para a Previdência; Renan mostra na nossa cara que eles, os poderosos, não obedecem à Corte Máxima; Jucá, e seus áudios bombásticos, de nada serviram para que ele fosse enquadrado; enfim, é uma ladainha de situações que eu ficaria o dia todo aqui escrevendo.
Os paneleiros estão contentes agora? Acho que sim..
Sabe, num certo momento tive raiva do Lula. Raiva porque votei nele duas vezes e quando notei que ele poderia ser tão podre quantos os outros, isso me frustrou bastante.
Mas agora começo a ver de outra forma. Acho, não tenho certeza, ele pode ser inocente. A mídia, junto os poderosos, podem sim terem armado para ele.
Vamos esperar 2018 para mudarmos isso, amigo!
Imagem de perfil

De feldades a 20.02.2017 às 02:16

Everton, o Carlos tem razão: precisamos de um "Moisés" para nos libertar dos "faraós", mas há um deserto a ser atravessado.
Como me dizia uma velhinha do asilo, "Força e coragem!"
Sem imagem de perfil

De frei Gabriel a 24.02.2017 às 14:44

Que direi!
Indignação! Revolta! Desencantamento! Tristeza profunda com os rumos da Nação?!
E pensar que tudo isso nasce das bases e que os altos escalões com seu mal exemplo de impunidade retroalimenta a corrupção que começa de baixo para cima e se robustece de cima para baixo!
Não se temos no mundo algum país a invejar, pois alguns tidos como modelos de ética interna, se alimentaram ou ainda se alimentam como sanguessugas dos países pobres e menos desenvolvidos!
Temos que começar sempre com as lições de casa! E não perder a esperança de que entre os piores há não tão ruins!
E parece que dessa vez os piores assaltaram de vez o poder!!!

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigado, Mano,por mais uma bela crônica sobre nos...

  • Anónimo

    Que triste pensar nas “ruínas” que já foram palco ...

  • Anónimo

    Que dizer?Esperar para crer?Crer que não adianta e...

  • Thais

    Que texto lindo!! Me emocionei com suas palavras. ...

  • Anónimo

    Só não conheci o Sr. José pessoalmente, mas sei ...